Concessionária Autorizada Honda Motos em Foz do Iguaçu e Medianeira, Paraná.

Por Motec 22.07.2020

Existem detalhes no mundo do motociclismo que a grande maioria dos pilotos conhece muito bem: é provável que você gaste mais dinheiro em equipamentos de segurança, de otimização e de beleza da sua moto do que em sua primeira aquisição de duas rodas. Embora isso tenha um custo elevado, equipamentos de qualidade irão acompanhá-lo por toda a vida. Pensando especialmente no quesito segurança, separamos estas dicas do que utilizar na hora de pilotar.

  • Jaquetas de verão

Muitas jaquetas podem deixar seu corpo abafado, especialmente em dias quentes. Contudo, existem diversos modelos de malhas especiais para motociclismo. Se você não se importa com o calor, uma jaqueta em couro oferece uma resistência à abrasão que vale a pena em caso de um acidente com queda. Além do mais, o maior benefício do couro é a sua reutilização. Você tem uma chance de reutilizar no outro dia uma jaqueta de couro depois de um dia anterior intenso de chuva, diferentemente de modelos têxteis.

  • Jaqueta de inverno

Neste quesito, a resposta mais direta, novamente é: use couro. Além de ter a melhor resistência à abrasão e ser um item que parece clássico, uma boa jaqueta de couro usada por cima de uma boa blusa de lã pode ser indispensável para enfrentar o frio.

  • Luvas

A primeira reação, quase que “programada” de nossos cérebros, é estender as mãos quando caímos – e isso pode machucar bastante! Especialmente quando se está em alta velocidade, o atrito das mãos em contato com o asfalto pode levar à fratura de pulso e várias escoriações. Por isso, usar luvas com controles deslizantes nas palmas das mãos, de modelos feitos em plástico de baixa fricção ou couro de arraia, podem evitar que a palma da mão fique gravemente ferida. Lembre-se que boas luvas têm muita almofada e uma boa envergadura. Existem vários modelos feitos em titânio ou plástico, que protegem as articulações e os ossos do pulso e são itens excelentes para segurança.

  • Proteção para ombros, cotovelos e joelhos

A maioria das jaquetas de motociclismo possui almofadas básicas para proteção de ombros e cotovelos, contando com velcro no forro ou em bolsos com zíper. Mesmo assim, é necessário invistir em protetores especiais de ombros e cotoveleiras, além de joelheiras – alguns modelos delas podem ser inseridos dentro das calças, em formato de almofadas de proteção, cobrindo especialmente as rótulas dos joelhos.

  • Capacete

Um acidente envolvendo uma batida de cabeça muitas vezes pode ser fatal. Lembre-se que, o prazo de validade de um capacete é de cinco anos. Após esse período de fabricação, geralmente seus adesivos de qualidade começam a soltar. Substitua seu capacete imediatamente, mesmo que você não tenha jamais sofrido uma batida na cabeça!

  • Botas

Cerca de 30% de lesões não fatais ocorridas em acidentes com moto ocorrem nas extremidades inferiores do corpo do piloto. Por isso, proteja muito bem seus pés! Compre botas de solas reforçadas para evitar torções e que contenham discos de proteção acolchoados sobre os ossos do tornozelo.

  • Proteção traseira

Por alguma razão, é comum os motociclistas protegerem os joelhos, cotovelos e ombros, mas não a coluna, mesmo que estar com todas essas partes sem nenhuma escoriação se torna inútil ao se quebrar uma vértebra. Por isso, invista numa proteção traseira independente, usando-a por baixo da jaqueta. Atualmente, a blindagem de proteções traseiras podem salvar vidas e elas vêm em formatos tão modernos, finos e respiráveis que você acaba nem lembrando que as está utilizando – mas elas realmente podem fazer toda a diferença quando se quer investir em segurança!

Agora que você conheceu alguns dos acessórios de segurança indispensáveis para pilotar uma moto, não deixe de adquirir logo os seus, protegendo-se do frio, de escoriações, acidentes e até mesmo de colocar sua vida em risco!

Ao se cadastrar, você concorda em receber nossas novidades, de acordo com nossa Política de Privacidade.